Mapa do SiteOutlook MailPortal Sei!
Consulta Pública sobre o PROTOCOLO DE RECOMENDAÇÕES FRENTE À PANDEMIA

Gastos no combate ao Corona Vírus
Formulário eletrônico (aberto até 12h de 04/06/2020) Transparência COVID-19

Análises de convênios e parcerias serão mais rápidas com uso do SINCIN

PDF Imprimir E-mail

O Sistema Integrado de Controle Interno (SINCIN) tem contribuído para agilizar e dar maior eficiência às análises de processos relativos às principais despesas do Estado do Piauí. Agora, também passará a gerar relatórios de prestação de contas de convênios e parcerias firmadas pelo Poder Executivo Estadual com prefeituras municipais e Organizações da Sociedade Civil (OSCs).

curso-convenios

Nesta terça-feira (24), mais de 20 servidores de dez órgãos e entidades estaduais foram capacitados pela Controladoria-Geral do Estado (CGE) para utilização da ferramenta. Os conteúdos foram apresentados pelas Auditoras Governamentais Kennia Castelo Branco e Iluska Rolim.

De acordo com a Auditora Kennia Castelo Branco, o uso da ferramenta deve dar mais segurança e celeridade na conferência das prestações de contas de convênios e parcerias.

curso-convenios2

“Servidores vão utilizar o SINCIN para analisar as prestações de contas de convênios e parcerias a partir de um check list que apresentamos a eles,gerado no próprio sistema. Ainda, durante a apresentação dos roteiros, cada pergunta do SINCIN foi intercalada com a legislação referente para que eles pudessem ter uma melhor noção de como realizar a análise por meio do sistema. O uso dessa ferramenta deve facilitar, agilizar, bem como padronizar as análises das prestações de contas”, ressaltou.

Esta foi a terceira turma e contemplou servidores das Secretarias de Cultura (Secult), Educação (Seduc), Segurança (SSP), Saúde (Sesapi), Agricultura Familiar (SAF), Secretaria Estadual para Inclusão da Pessoa com Deficiência (SEID), Infraestrutura (Seinfra), além da Empresa de Gestão de Recursos do Piauí (Emgerpi), Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural  (Emater), Instituto de Desenvolvimento do Piauí (IDEPI), Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e Agência de Desenvolvimento Habitacional (ADH).

Mariana Alves, coordenadora de Finanças setor de prestação de Contas do Cultura Viva, da Secult, ressaltou a importância da ferramenta para dar mais celeridade aos trabalhos no órgão.

“O SINCIN traz muitas características importantes para a nossa análise, o que tínhamos dúvidas sobre o que incluir no parecer, [o sistema] traz pontuado. Isso vai acarretar em mais rapidez à nossa análise, pois temos muitos processos e, dependendo do caso, leva um a dois dias para analisar cada processo”, enfatizou.

curso-convenios3

Escrito por Virgínia Santos   
 

Adicionar comentário

Será rejeitada a mensagem que desrespeitar a lei, apresente linguagem ou material obsceno ou ofensivo, seja de origem duvidosa, tenha finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do sítio. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.


Código de segurança
Atualizar